Artigos
» Home » Educação » Artigos » Como Lobos mudam Rios
Como Lobos mudam Rios
abril 2014


Como Lobos mudam Rios

Por Marcelo Szpilman *

O título enigmático acima é um eficiente meio de atrair sua atenção para o tema de que trata esse artigo. Na verdade, ele é o título de um pequeno e extraordinário vídeo produzido pela Sustainable Man que aborda uma das grandes descobertas da biologia dos últimos 50 anos: a Cascata Trófica __ uma bela expressão para o processo que tem início no topo da cadeia alimentar e se propaga até sua base.

O filme aborda o exemplo da reintrodução dos lobos no Parque Yellowstone, nos Estados Unidos, em 1995, e o quanto esse evento influenciou a vida e o comportamento das outras espécies da cadeia trófica e reconstituiu ecossistemas e nichos ecológicos que influenciaram, mais uma vez, a vida de outras espécies de níveis tróficos mais baixos até a regeneração da vegetação dos vales (base da cadeia). Então, surpreendentemente, constatou-se que os rios mudaram em resposta à volta dos lobos e passaram ter maior fluidez e estabilidade.

O vídeo nos dá a exata dimensão da importância dos animais que estão no topo de sua cadeia alimentar, como os lobos, tigres, leões, onças e tubarões, e nos faz refletir sobre o fato, inquestionável, de que todos os seres de um ecossistema estão conectados e podem manter seu equilíbrio na Natureza quando o homem decide ajudar (ou não atrapalhar).

Recomendo que você assista ao vídeo acessando o link abaixo:

https://www.youtube.com/watch?v=nW5ztScNCYk

APOIO FUN DIVE, WODEN!, TREM DO CORCOVADO e EMBRATEL
Junte-se a essas empresas. Seja também um apoiador.
____________________________________________________________________________________
*Marcelo Szpilman, biólogo marinho formado pela UFRJ, com Pós-graduação Executiva em Meio Ambiente (MBE) pela COPPE/UFRJ, é autor dos livros Guia Aqualung de Peixes (1991) e de sua versão ampliada em inglês Aqualung Guide to Fishes (1992), Seres Marinhos Perigosos (1998), Peixes Marinhos do Brasil (2000) e Tubarões no Brasil (2004). Por ser um dos maiores especialistas em peixes e tubarões e escritor de várias matérias e artigos sobre natureza, ecologia, evolução e fauna marinha publicados nos últimos anos em diversas revistas, jornais, blogs e sites, Marcelo Szpilman é muito requisitado para ministrar palestras, conceder entrevistas e dar consultoria técnica para diversos canais de TV. Atualmente, é diretor do Instituto Ecológico Aqualung, diretor do Projeto Tubarões no Brasil, membro do Conselho da Cidade do Rio de Janeiro (área de Meio Ambiente e Sustentabilidade), membro e diretor do Sub Comitê do Sistema Lagunar da Lagoa Rodrigo de Freitas e colunista da Rádio SulAmérica Paradiso FM 95,7 com o boletim ECO PARADISO, em duas edições diárias sobre meio ambiente e sustentabilidade.

Telefones: (21) 3734-7618 / (21) 98464-7618